"Rafa Ortiz faz queda de 21 m em uma lagosta inflável"
"Mestre do caiaque nas Cataratas do Niágara com Rafa Ortiz"
"Rafa Ortiz se joga em cachoeira e enfrenta a morte"

Essas são apenas algumas das nossas manchetes preferidas sobre o canoísta profissional Rafa Ortiz, uma verdadeira lenda do esporte. E quando achávamos que dominar a Catarata Palouse, de 58 metros, e outra cachoeira de 51 metros para o documentário "Chasing Niagara" seria suficiente para Rafa, ele começou a pensar em novas ideias ambiciosas. O canoísta acabou dispensando o caiaque e usando uma lagosta inflável para se jogar do alto de uma cachoeira de 21 metros.

O que nos traz ao dia de hoje, em que você verá Rafa sendo incendiado pela primeira vez. Mas ele não vai parar por aqui. Tudo isso faz parte da preparação do atleta para descer a Cachoeira Tomata, que tem 15 m de altura e fica no México. Para esse desafio, ele tem como inspiração uma lembrança pirotécnica do começo de sua carreira na canoagem.

Conversamos com Rafa para conhecer a visão por trás de sua proeza mais recente, que você pode assistir acima ou no YouTube. Digamos que as coisas pegaram fogo. Veja o que Rafa tem a dizer (depois do trecho em que vemos ele fazendo uma queda em uma lagosta inflável): 

GoPro: Primeiro, foram as cataratas do Niágara, depois uma lagosta e, agora, você está pegando fogo. Que outras manobras doidas você já realizou? Por que o fogo dessa vez?
Rafa Ortiz: Já faz 13 anos que me apaixonei por cachoeiras. Gosto de todas as minhas descidas, seja na Cachoeira Palouse, com seus 57 metros, ou no recorde mundial de descida com um brinquedo inflável. O fogo é realmente minha obsessão mais recente. Na verdade, eu só achei que seria legal e teria um visual incrível. 

Foi a primeira vez que você trabalhou com fogo, certo? Qual foi a sua reação?
Foi muito louco! O fogo acabou sendo muito mais potente do que eu imaginava. Ser envolvido em fogo é provavelmente uma das coisas mais insanas e assustadoras que existem.
O calor aumenta muito rapidamente. Você não pode respirar enquanto está pegando fogo, por causa da fumaça tóxica. E também não consegue enxergar muito bem através do fogo e dos óculos de proteção, que acabam ficando embaçados. Não importa o quanto você esteja protegido, as coisas podem sair do controle rapidamente. 

Você teve que segurar a respiração durante a descida?
Sim. Foi só mais um detalhe na ação toda, que já era bastante complicada. 

No que você estava pensando quando mergulhou na água e conquistou seu objetivo?
Eu estava animadaço! Só que, na última parte, fui atingido pelo remo e acabei levando alguns pontos no lábio inferior. 

Você estava preocupado?
Com certeza. Eu sabia que muitos fatores poderiam complicar as coisas durante a descida. Sinceramente, aprendi a respeitar o fogo. 

Qual a sua próxima descida radical em cachoeiras?
Existem algumas cachoeiras que quero descer há alguns anos, então estou trabalhando nisso. E talvez um novo recorde mundial com a lagosta. Quem sabe?

Por fim, qual o seu maior medo? (Porque está óbvio que grandes alturas, fogo e cachoeiras não te assustam!)
Meu maior medo é não conseguir fazer as coisas que quero na minha vida.