E pela segunda vez o Jaime Silva, do Saindo da Rota, conquistou nosso post mais curtido da semana. Nada como ter um 3-way em mãos para conseguir aquele ângulo que valoriza bem a beleza natural do lugar. A foto foi tirada em Cabo Frio (RJ), mais especificamente na Gruta do Vigia! PROTIP: só é possível ter acesso a essa gruta na maré baixa.

O Jaime conta que ele costuma tirar muitas das suas fotos sozinho, desde 2019 quando começou a entrar no mundo GoPro, foram algumas tentativas até conseguir resultados como esse, que passam a tranquilidade de quem sabe o que está fazendo. E essa tranquilidade tem nome: time-lapse/lapso de tempo. Já dominou esse modo? A gente te explica como aproveitar o melhor desse recurso.

O lapso de tempo permite que a sua GoPro capture fotos em intervalos específicos. Pode ser uma foto a cada 0.5 segundos, uma foto por segundo, a cada dois segundos, cinco, dez... até uma foto a cada 60 minutos. No caso do Jaime, foi algo mais curto, ele deixou um intervalo de 1 segundo. Esse modo inicia a captura quando você clica o obturador até você ir lá parar.  

Na HERO9 Black você pode configurar se quer uma sequência de fotos que são escolhidas no final (time-lapse foto) ou se já quer um vídeo prontinho com todas as fotos tiradas nesse período (time-lapse vídeo).

Outro recurso que entra na lista de novidades da HERO9 é a captura programada, que te permite escolher a hora que deseja que seu lapso de tempo comece a gravar e por quanto tempo, em duração de captura. Quer mais moleza que isso? Não precisa nem se levantar para capturar o sol nascendo!

Outra dica é: quanto maior o intervalo, mais rápido será o movimento! Se não estiver seguro, sempre escolha o menor intervalo (0,5s) garantindo que não vai perder nenhum momento importante. Você também pode escolher o formato, quem nos acompanha lembra do post sobre quando escolher o modo raw, então avalie o tempo que gostaria de passar na pós-edição do seu time-lapse e escolha entre raw ou jpeg em output.

O Jaime usou o modo foto para ter certeza de que teria pelo menos uma captura bacana no final. Depois foi só escolher a que mais gostou usando o Quik, nosso novo app. Aliada ao temporizador, essa é uma configuração ótima para quem não gosta de depender de ninguém para conseguir uma boa foto.

“Antes de fazer a foto, prestei bem atenção no lugar. Queria pegar toda a parte da gruta, então optei por deixar a câmera na vertical, assim pegaria um ângulo maior. Foi um momento bem legal porque repeti a sequência duas vezes. Fiz a primeira, observei bem o resultado e resolvi melhorar na segunda tentativa”, explica.

Às vezes não é de primeira, mas quando vem... vem linda desse jeito!