Amanhã acontece a abertura do Billabong Pipeline Masters de 2018 e, com o swell se formando, a última parada do WSL Championship Tour promete ser épica. A disputa pelo campeonato está sendo liderada por Gabriel Medina (em sua roupa amarela), seguido de perto por Filipe Toledo (da equipe GoPro) e pelo australiano Julian Wilson.

Isso coloca Filipe na posição perfeita para trazer o ouro para casa. No dia da abertura, a equipe GoPro Brasil conversou com ele a fim de saber como estava a preparação para a etapa de Pipeline. Resumindo, ele disse que está encarando cada etapa como se fosse a última, dando um passo de cada vez.

"Quero uma boa posição para pegar as melhores ondas e focar em cada competição", Filipe comentou. "Não é bom já pensar nas finais. Antes, preciso focar em passar das eliminatórias. Quero ter o melhor desempenho da minha vida no Havaí. Ter chegado até aqui e estar disputando o título mundial é prova de que dei o meu melhor."

Esta é a melhor campanha de Filipe no CT até agora e é a recompensa pelo esforço dele durante o ano. Especialmente nos últimos tempos, Filipe tem ido à North Shore para se preparar.

“Eu gosto de treinar aqui. Sempre quero melhorar nas coisas em que tenho dificuldade e tenho certeza de que minha dedicação de todo o ano me ajudará a melhorar."

Filipe não só tem melhorado ao longo dos anos, mas o surf brasileiro como um todo está em crescimento. Em 2018, há cinco representantes do Brasil entre os 15 principais atletas: Medina, Filipe, Ítalo Ferreira, William Cardoso e Michael Rodrigues. Essa temporada tem tudo para ser a melhor exibição do surf brasileiro desde 2014.

"O surfe brasileiro se desenvolveu muito nos últimos anos", disse Filipe. "Nossos atletas têm tentado entender os critérios do júri e estão competindo de acordo com eles. Acho que a nossa geração incentivou outras a encontrarem o próprio lugar na competição, assim como a geração passada me inspirou."

E, com esse sucesso, uma grande torcida brasileira tem sido atraída para os eventos da WSL. Filipe diz que a energia é extremamente contagiosa. "[Os brasileiros] sempre torcem com paixão e acreditam na gente."

O Pipe Masters não é exceção. Nós, assim como muitos fãs no Brasil, estamos torcendo por você, Filipe!